terça-feira, janeiro 09, 2007

13 comentários:

Mário Margaride disse...

Sê bem-vinda Letícia, já estava com saudades...tens aqui dois tons, um...cinza, que é uma das minhas cores favoritas. E o outro vermelho. Cor do sangue, símbolo de vida, cor quente.

Adorei!

Beijinhos

Mário.

Anônimo disse...

Cinco dias e cinco noites de folga... não está mal.
De cinzzento a rosão, está bem. Vermelho vermelhão vermelhusco era bem melhor... pra mim, que sou do Benfica!

Beijo

Leticia Gabian disse...

Maria e Mário,
Um breve intervalo, breve recesso...pra mudar de cor.
Beijinhos

APC disse...

Fuschia, rosa-chock?... Melhorou, né? Quase fere a vista, mas a gente faz olhinho-pisco e sorri, e fica assim com um arzinho bem patusco vendo-te chegar.
Tava a precisar de um cadito de cor nesta noite cinza, eu. Bigada.
:-)

Leticia Gabian disse...

Tem uma música da Rita Lee, que eu adoro, que diz assim: "Por isso não provoque, é cor de rosa choque...."
Todos os tons de rosa pra ti, amigapoema. Xô pro cinza....xô banzo!
Beijinhos

O Sibarita disse...

Valhei-me Deus! Tá vermelho ou rosa? Hummm... kkk

Ainda bem que saiu do cinza!

Sei, o azul picina de amaralina com areias branquinhas tá pintando no seu olhar, já molhou os pés no mar?

As ondas tão de levar as impurezas, faça fé!

abraços,
O Sibarita

Leticia Gabian disse...

Siba!
Vermelho ou rosa...tanto faz.
Cinza é que não dá.

Beijão com a cor do mar de Amaralina

ARTEMINORCA disse...

Pois, xô para o cinza... A verdade é que, se calhar, chegaste ao vermelho, por causa do cinza!!! A vida é mesmo assim! Ainda bem que voltaste em "choque"!
Beijinhos, Lu

Leticia Gabian disse...

Linda Lu!
Assim é a vida.
Muitos beijinhos

pitanga disse...

Do cinza ao vermelho...essa é minha amiga Letícia Gabian.
Uma dúzia de beijos

Leticia Gabian disse...

O caminho foi longo, Pitanguita, mas cheguei.
Trocentos beijos pra ti

APC disse...

banzo, bazou!

Eu não sei o que é a 1ª
Sabes o que é a 2ª?

Leticia Gabian disse...

Banzo é melancolia, tristeza grande, abatimento, apatia.(termo herdado dos nossos ancestrais, como o Zumbi dos Palmares).

Bazou, desconheço.