sábado, dezembro 26, 2009

"Num sei que lá" no Programa do Jô

Matuto que é cabra-macho, pode contar qualquer filme que tenha assistido (pouco importando o idioma falado na tela), com requintes de detalhes, e ainda ganhar dinheiro com isto.

Legenda? Pra quê legenda? Legenda é coisa pra boiola letrado. Cabra-macho, sendo artista...Aí é que entende tudo e mais alguma coisa.

Matuto, cabra-macho, artista e Nordestino, então...!!!!!! Ui!!!!!!!
Tá aqui a prova!






Ói, seu moço e dona moça, quem tivé a inguinorança de não entender os palavreado, pode preguntar que eu arrespondo com todo prasê.

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Mais um violonista na família!

O meu sobrinho-neto Vitinho é o menorzinho nessa turma. Estou super feliz por assistir a todo este progresso. Ele só está a aprender há cinco meses e já tem ar de concertista. Reparem na posição da mão direita... Tão sério e compenetrado!!!!! estou babando!!!!!!

sábado, dezembro 05, 2009

Uma feijoada para Gabriel

Êita...!!!!!!

Gabi entre Inês e Zé Augusto (o pai dele)

Gabi e Luli (o tio-dindo)

Gabi com a tia Lucinha, o dindo Luli e o pai Zé Augusto

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Salve o Dia do Samba!!!!!!!!!!!!

Não deixe o samba morrer (Edson e Aloísio)

Não deixe o samba morrer
Não deixe o samba acabar
O morro foi feito de samba
De samba pra gente sambar

Quando eu não puder pisar
Mais na avenida
Quando as minhas pernas
Não puderem agüentar
Levar meu corpo
Junto com meu samba
O meu anel de bamba
Entrego a quem mereça usar

Eu vou ficar
No meio do povo espiando
Minha escola perdendo ou ganhando
Mais um carnaval

Antes de me despedir
Deixo ao sambista mais novo
O meu pedido final

Não deixe o samba morrer...


quinta-feira, novembro 26, 2009

Ficam pra trás a Austrália e a África do Sul ou O retorno do meu filhão GABRIEL

A tia-dinda Verbena, dando aquele abraço que eu tanto gostaria de dar

A tia nora, também

Gabi entre o tio Luli, a prima Marina, o pai Zé Augusto, a dinda e a tia Nora

Com o tio Roberto e o pai

Com Luli, o tio-dindo

Novamente, com a comitiva de boas vindas.
Pena ele ter chegado de madrugada. Se fosse num horário menos ingrato, teria tido uma recepção maior.
O que importa é que ele está de volta.

Mas, a minha saudade continua imensa!!!!!!!

quarta-feira, novembro 25, 2009

E a cegonha vai fazer mais uma entrega


Zé e eu estamos felizes da vida!
Vamos ser tios-avós pela quinta vez!!!!!!!!
Que venha cheio de saúde e sorte!!!!!!!

Parabéns e obrigado, Camila e Ricardo!

Os beijos e abraços todos

sábado, outubro 31, 2009

domingo, outubro 25, 2009

Pra meu filho Gabriel

Ele já não tem mais oito anos, é verdade. Mas, curioso como é, ainda tem muitas perguntas a respeito dele próprio e das mais variadas coisas nesse mundo (...não fosse ele um jornalista).

Este vídeo da Adriana Calcanhoto, a música, a letra, a presença das crianças, tudo isto aguçou ainda mais a saudade do tempo do Gabriel menino (que não é nem um pouquito menor que a saudade do Gabriel de agora).

Ouçam e divirtam a criança que há em cada um de nós.
Beijos


Adriana Partimpim - Oito Anos - Gabriel



Oito Anos

Composição: Paula Toller

Por que você é flamengo
E meu pai botafogo?
O que significa
"impávido colosso"?

Por que os ossos doem
Enquanto a gente dorme?
Por que que os dentes caem?
Por onde os filhos saem?

Por que os dedos murcham
Quando estou no banho?
Por que as ruas enchem
Quando está chovendo?

Quanto é mil trilhões
Vezes infinito?
Quem é jesus cristo?
Onde estão meus primos?

Well, well, well
Gabriel...(bis)

Por que o fogo queima?
Por que a lua é branca?
Por que a terra roda?
Por que deitar agora?

Por que as cobras matam?
Por que o vidro embaça?
Por que você se pinta?
Por que o tempo passa?

Por que que a gente espirra?
Por que as unhas crescem?
Por que o sangue corre?
Por que que a gente morre?

Do que é feita a nuvem ?
Do que é feita a neve?
Como é que se escreve
Reveillòn? well, well, well, gabriel...(bis)


segunda-feira, outubro 19, 2009

I A N


31 anos - 18 de outubro



domingo, outubro 11, 2009

Quando a natureza é ilusionista...






Perguntamos... Se da terra brotaram pássaros e se esses pássaros, distraídos, ao alçarem vôo, por cá deixaram algumas de suas plumas e penas...
Ou...
Se foram os anjos caídos que, ao tornarem-se mortais, plantaram jardins com as suas asas...


As fotos são de autoria do meu Zé, um poeta do olhar



sábado, outubro 10, 2009

Ao nosso querido Roger

Acabamos de saber da sua perda e conhecemos o tamanho da tua dor.
Na impossibilidade daquele abraço apertado, deixo aqui um pouquinho da nossa presença, apesar das estradas que nos separam.

FOBIA ESPECÍFICA

"O que é?

Anteriormente denominada fobia simples a fobia específica é o medo persistente e recorrente a um determinado objeto ou circunstância que desencadeia uma forte reação de ansiedade, sempre que apresentado ao paciente fóbico.

Diagnóstico
Os critérios para realização do diagnóstico exigem as seguintes condições:
um objeto claramente identificável (nos demais transtornos fóbicos e ansiosos nem sempre o objeto é claramente identificável). Este objeto sempre que apresentado desencadeia uma forte reação de medo, ansiedade ou mal estar no paciente, podendo chegar a uma crise semelhante a crise de pânico. Os adultos e adolescentes reconhecem que esse medo é exagerado, mas as crianças não necessariamente. Pelo critério norte americano o diagnóstico só pode ser dado quando o objeto fóbico interfere na rotina do indivíduo. Essa posição é passível de crítica não representando a opinião desde site.


Características
As fobias, em geral, caracterizam-se pela ausência de motivo para despertar o medo constatado, ou por ser o medo exagerado diante do objeto fóbico. As pessoas com fobia específica não apresentam uma história de traumas, injúrias ou ameaças decorrentes da exposição aos objetos mais comuns da fobia específica. Se isso acontecesse seria necessário diferenciar a fobia específica do estresse pós-traumático. Na maioria das vezes as pessoas com uma fobia específica não são afetadas em sua rotina porque o objeto fóbico não faz parte dela. Quando faz parte torna-se indicado o tratamento.
Há situações nas quais o objeto fóbico é o mesmo da agorafobia. A diferença entre essas duas formas de fobia baseia-se no que o paciente pensa. Na fobia há uma forte reação contrária ao objeto, sendo o objeto afastado, a ansiedade some. Na agorafobia o medo é da dificuldade de sair de onde esteja caso passe mal, o que não acontece na fobia específica. Essa diferenciação é importante porque a fobia específica é um problema isolado, já a agorafobia dificilmente vem sozinha, geralmente antecede, vem junto ou depois de um quadro depressivo ou de pânico.
Esse transtorno geralmente é identificado na infância ou mesmo na idade adulta. É um problema um pouco mais freqüente nas mulheres e apesar de eventualmente levar a desmaios isso não significa nada especialmente grave.
A fobia específica é um transtorno pouco estudado pelo baixo comprometimento que geralmente representa.

Objetos mais comuns
Os objetos fóbicos mais comumente encontrados são fobia a animais como cães, aranhas, lesmas. Medo de animais altamente perigosos como cobras venenosas, jacarés, tigres não podem ser considerados patológicos. Outras fobias comuns são de sangue, de águas rasas ou profundas, trovões e tempestades, alturas, elevadores, aviões. A lista de objetos fóbicos, contudo, não é restrita: qualquer objeto desde que suscite uma resposta fóbica típica pode enquadrar os critérios de fobia específica.

Tratamento
Pela pequena quantidade de pesquisas nessa área e por causa da pequena demanda de tratamento há poucas pesquisas sobre o da fobia específica. As medicações se mostram ineficazes e a terapia cognitivo-comportamental apresentam resultados bastante satisfatórios.
"


Fonte: Psicosite
Dr. Rodrigo Marot

Ref. Bibliograf: Liv 01 Liv 02 Liv 14 Arch Gen Psychiatry 2001; 58(3): 257-265
The Genetic Epidemiology of Irrational Fears and Phobias in Men
Kendler, Kenneth S





Bom mesmo era se a gente pudesse pendurar, num cantinho da parede, aquele medo irracional e, portanto, incontrolável... Tê-lo ali, paradinho, era garantia de uma vida mais cheia de sossego... Isso é que era bom!


Você sofre de algum tipo desse medo malvado?


sexta-feira, outubro 02, 2009

Uma mandala para os amigos Fátima e ZM


Como eu já tinha prometido e sei que a Fátima gosta muito de verde... Aqui está!

Duas Mandalas

Uma para Maroca, por ela ser AICeT



A outra, para a INTUITIF.
Uma loja cheia de charme e cada dia mais visitada, requisitada e famosa... TiK!!!!!!



quarta-feira, setembro 30, 2009

Para o meu Zé...

Mandala As cores com as quais colorimos a nossa vida, dia após dia.



sexta-feira, setembro 25, 2009

Tempestade de Poeira - Testemunho do meu filho



Life on Mars


O Estado do nascer do Sol amanheceu irreconhecível nesta quarta-feira, 23 de setembro de 2009. Uma tempestade de poeira encobriu o céu de Queensland a partir do início do dia, substituindo o tradicional azul celeste por um marrom escuro e obrigando o comércio a fechar as portas mais cedo. Em Brisbane, às 9h30 já se observava no horizonte os efeitos dessa tempestade, a mais extensa e densa vista nos últimos quarenta anos, conforme especialistas locais.

Em Sydney, capital de New South Wales, as consequências foram ainda maiores. O fenômeno climático, que assumiu tonalidade avermelhada na maior e mais importante cidade australiana, fez com que os aeroportos interrompessem suas atividades por tempo indeterminado. Nas ruas, o que se tem visto ao longo do dia é um desfile de máscaras, jaquetas e casacos utilizados pela população para proteger-se das 16 mil toneladas de poeira que a cada hora são carregadas pela tempestade.

De acordo com a imprensa australiana, o fenômeno, que abrange uma área que vai da capital Camberra à Mackay, no norte do País, tem origem em ventos de mais de 100 km/h oriundos do Outback, região desértica localizada no centro da Austrália. Para os residentes de Brisbane, conforme publicado no jornal MX, a tempestade transformou a cidade em um cenário de ficção-científica.

“Dead set, it looks like Doomsday or something out of science fiction, there’s this orange iridescent light. It’s like watching Independence Day or War of the Word’s. It’s an eerie, eerie thing… and I feel like having a shower”, disse um dos residentes ao periódico supramencionado, que estampou em sua matéria de capa a manchete Life on Mars.

Gabriel Pondé, de Brisbane (AUS), comendo poeira



As fotos abaixo registram o Kangaroo Point, Spring Hill e o centro da cidade, respectivamente, do ponto de vista de meu flat, na esquina da Queen com a Adelaide Street.


Australia Tempestade Areia
Brisbane, Kangaroo PointSpring HillAdelaide Street

terça-feira, setembro 22, 2009

Uma mandala de Carol Mulek - A Arte de colorir a vida

Mandala colorida
Carol,
Fico muito feliz por te inspirar a usar as cores.
Um beijo grande no coração


sexta-feira, setembro 18, 2009

19 de setembro...Vinte e sete anos de festa no coração!!!!!!!

Gabriel
Especialmente hoje, todos os brindes serão à saúde do meu filhote GABRIEL!!!!!!
Que ele tenha uma vida brilhante e longa!!!!
Que ele saiba amar a si próprio, tanto quanto eu o amo!
Que ele encontre a mulher que o complete e que o faça cada dia mais feliz e mais amado!
Que ele saiba explorar todo o seu potencial e reconhecer os grandes valores dentro dele próprio!
Que ele seja feliz e bem sucedido, dentro da carreira que escolheu para abraçar!
Que ele tenha os amigos certos e verdadeiros!
Que ele saiba reconhecer e aprender com os próprios erros!
Que os seus acertos sejam valorizados e o façam crescer !


Esta comemoração será inesquecível!!!

Eu te amo muito, filhote!!!!!!!!



quinta-feira, setembro 17, 2009

Uma mandala para Carol Mulek

Mandala para Carol Mulek
Que esta mandala faça bem aos seus lindos olhos
e que as cores e formas lhe encham de alegria, paz e boa energia
!

Um grande beijo, minha querida

sexta-feira, setembro 11, 2009

O CHEIO e O VAZIO

Mandala

Hoje, disseram-me que gostavam das minhas mandalas, embora não soubessem para que serviam.
Respondi que, se agradavam aos olhos, alguma serventia já teriam.

Mas, preciso dizer mais, falar mais sobre isto.

Talvez, a maior serventia seja mesmo a que acontece em meu benefício próprio.
Eu
PRECISO desenhar, pintar, cantar e estar com o homem que eu amo (esta ordem é alterada de acordo com os dias, as horas, os minutos e os segundos).
Esta é a terapia adotada a fim de conseguir estar o mais próxima possível do meu centro.
É assim que não enlouqueço. É assim que, sem razão, não pulo na jugular de quem está mais próximo. É assim que não maltrato a mim e a quem está à minha volta.
É assim que me preencho e que me esvazio.

Se os resultados desse "tratamento" agradam a alguém, ótimo.
Se não... Paciência... Olha, sempre há o recurso de fechar os olhos e/ou tapar os ouvidos.




quarta-feira, setembro 09, 2009

MÚSICA para todos os dias

Duo Barros Reis, Músicos



Frevo - (Horácio Barros Reis)


São Jorge - (Hermeto Pascoal)



Leonardo e Horácio (respectivamente) formam este maravilhoso Duo Barros Reis. Estes "meninos" e seus violões nos proporcionam viagens musicais, para lá de Marraquesh... Escutem e depois me digam se não tenho razão.

Horácio esteve ao violão, junto comigo, desde o meu início em 99. Leonardo, por muitas vezes, acompanhou-me em substituição ao irmão.

Sinto muita saudade do trio formado por Horácio, Pedrinho e eu.
Acho que eles nem têm a mínima idéia do bem que me fizeram.


Por conta disto, estive a pensar...
Nunca estamos completamente satisfeitos, não é? (Ainda bem que é assim!)
As escolhas põem-se à nossa frente e, por muitas vezes, a vida é quem as elege por nós. Quando acontece dessa forma, só nos resta o trabalho de adaptação ao inesperado, ao novo.

Estou muito feliz com a escolha que fiz.
Troquei o grande amor, pelos amores todos que deixei do outro lado: família, amigos, lugares, cheiros, sabores, sons.
A bem da verdade, trocar não é o verbo adequado, pois o outro lado mantém-se vivo e intocável na minha memória do coração.
Mas, pergunto-me se não existirá mesmo um "mercado paralelo" nesse nosso existir, partindo-se do princípio de que "não se pode ter tudo".

Estou muito feliz, mas queria estar ainda mais um pouquinho. (Afinal, nunca estamos satisfeitos e ainda bem que é assim!)

Pergunto-me se fará parte da "barganha" este grande vazio, este espaço em branco, no que diz respeito ao episódio divisor de águas, em minha vida (Falo da transformação enorme a partir do momento em que comecei a cantar).

Não costumo ser fatalista. Prefiro o otimismo e o inconformismo com tudo que mereça ser modificado para o nosso melhor.

Não vou descansar enquanto não encontrar o "Horácio" deste lado de cá.

terça-feira, setembro 08, 2009

Parabens, mamutcha!!!!!!!!!!!


Para a minha mamy, que hoje completa 91 aninhos, todas as flores do mundo!!!!!!

Mãe, faz de conta que eu estou aí bem pertinho e lhe dou um beijo estalado, um abraço apertado e que posso sentir o teu perfume de flor...

domingo, setembro 06, 2009

Meditação?

Meditação, Mandala
Quando me ponho a pintar, penso em nada.
Pra onde será que vão os meus pensamentos nestes momentos mágicos?