domingo, novembro 25, 2007

ABAIXO A VIOLÊNCIA DE GÉNERO: HUMANIDADE NÃO TEM SEXO!!

Era pra ser sempre assim:









Mas, infelizmente, não raro, por todos os lugares é assim:















todas as fotos são extraídas de net


Não dá pra banalizar a tortura, seja ela qual for.
É preciso respeito à mulher, seja ela quem for.
Hoje é dia do grito contra essas atrocidades!!!!!!!!




18 comentários:

viajante disse...

Hoje é o dia mas todos teremos que fazer muita força para todos os dias lembrarmos isto.
É aberrante, desumano, absolutamente estupido.
A Mulher não merece estas atrocidades. Nem nenhum ser humano.

Leticia Gabian disse...

É claro, querido viajante, que devemos estar atentos a isso todos os dias. Mas, se elegemos um dia mundial é para que a questão tenha uma maior visibilidade e atenção.
Beijão

viajante disse...

E entretanto já lá está, com sua licença, o sitio da RAWA.
BJs

Alice Matos disse...

Está muito bom o teu post, como sempre...

"Aqui fica a minha solidariedade para com todos aqueles que sofrem, no corpo ou na mente, da violência dos que se julgam muito fortes mas não passam de reles cobardes... "

Beijinhos grandes...

Maria disse...

Hoje deixaste-me sem palavras...

Um beijo

Leticia Gabian disse...

Alice,
E estas são as torturas que deixam marcas também visíveis. Há aquelas que marcam o coração, a alma, o espírito. Porém, todas, de todas as ordens, são fruto mesmo de uma enorme covardia. É preciso que isso tenha um fim.

Beijo grande, querida

Leticia Gabian disse...

Maroca,
Tive que fazer uma triagem e escolher as fotos menos terríveis. Há coisas inimagináveis!

Beijo grande no coração

São disse...

GRATÍSSIMA PELA ADESÃO!!
O POST É EXCELENTE!!
ABraços!

Leticia Gabian disse...

São,
Foi muito bom pra mim, ter participado de uma corrente como esta.
Muito obrigada pelo convite.
Um forte abraço

Ana Patudos disse...

Letícia, este é um tema do qual não quero comentr, por muitas coisas que me vêm à memória e eu não quero lembrar...
bjos
Ana Paula

Leticia Gabian disse...

Ana Paula,
Minha querida, eu respeito a tua posição, mas só te digo que precisamos gritar por outras que não conseguem ou o fazem para ouvidos surdos. Precisamos tomar para nós as dores dessas mulheres que, por muitas vezes e em muitos dos casos, não têm com quem contar.
Usa a dor das tuas lembranças em prol do fim da dor dessas mulheres.
Beijinhos

amigona avó e a neta princesa disse...

Hoje como ontem e amanhã: sempre NÃO! Beijo...

Leticia Gabian disse...

Sempre NÃO, amiga!
Beijo grande

O Sibarita disse...

Chocante as fotos que não deveriam ser assim, infelizmente, muitos humanos são bestas feras, a justiça dos homens falha, mas, a de Deus essa jamais!

Minha Cumadi quanta atrocidade...

Fiquei triste, sem palavras!

Sim, cheguei! Estive em Paulo e Rio nas plataformas, haja, trabalho!

abraços,
O Sibarita

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
Confio muito na lei do retorno: aqui se faz, aqui se paga.
Não é possível que tanta maldade continue a acontecer!

Haja trabalho e plataforma, cumpadi!

Abração

Yredlav disse...

É preciso dizer não só à violência contra a mulher? Porque não posta também fotos dos milhares de homens que morrem inocentemente todo ano? É preciso dizer não a qualquer tipo de violência, seja lá de que gênero for!

Leticia Gabian disse...

Yredlav,

Provavelmente não reparou que este post acontece em função da data. Este foi o dia mundial para o combate à violência contra a mulher.
Todo e qualquer tipo de violência tem que ser repudiado, sim!
Da próxima vez, preste mais atenção antes de comentar.

Yredlav disse...

E aí que está um detalhe interessante: a violência contra a mulher pode ser cometida por outra mulher, tornando esse dia meio sem sentido.
Reconheço que muitas mulheres sofrem na mão de alguns bandidos que devem estar atrás das grades e a criação desse dia foi feita com boas intenções, mas a criação de um dia nomeado assim dá a entender que somente homens cometem violência, o que é uma falácia.
Faria muito mais sentido um dia de combate à violência, de um modo geral. O que eu quero destacar no comentário, nas entrelinhas é isso.
É incrível o preconceito que muitas mulheres têm sobre os homens, por condenar uma fruta podre e generalizar para toda a fruteira!