terça-feira, setembro 05, 2006

Canção do amor que chegou

Eu não sei, não sei dizer
Mas de repente essa alegria em mim
Alegria de viver
Que alegria de viver
E de ver tanta luz, tanto azul!
Quem jamais poderia supor
Que de um mundo que era tão triste e sem cor
Brotaria essa flor inocente
Chegaria esse amor de repente
E o que era somente um vazio sem fim
Se encheria de cores assim
Coração, põe-te a cantar
Canta o poema da primavera em flor
É o amor, o amor chegou
Chegou enfim

6 comentários:

pitanga disse...

Letícia, minha querida o que te deu? Cecília Meireles e o Poetinha?
Juntos? É amor.
beijos

Leticia Gabian disse...

Nada! Meu coração anda que nem cachorro sem dono, abandonado!!!!
Beijão

pitanga disse...

É porque não dás Frosks pra ele.
beijos

Hera disse...

Poxa.. Sabe qeu eu gosto mais de Cecília do que de Vinícius?? beijos

josé oliveira disse...

O que de bom desejas que me aconteça, é o que irá acontecer contigo, pois não pode haver coração grande abandonado eternamente: não passa despercebido, sobretudo aos olhos de quem estiver habituado a corações menores. Que saibam apreciar, dar todo o valor e cuidar do teu. Obrigado pelo desejo. Bj

Leticia Gabian disse...

José,
Se depender das nossas vontades e desejos, seremos felizes muito e breve.
Um forte abraço pra ti.