domingo, setembro 10, 2006

Um dos panôs de parede pintados por mim.

Adoro máscaras pelo prazer de descobrir o que existe por trás delas.

18 comentários:

LUN@TIC disse...

Quanto à máscara o que pode ter de bom... pode também conter de mau...
Até breve.

Leticia Gabian disse...

O mistério é que faz a coisa ser interessante.
Obrigada pela visita.

Era uma vez um Girassol disse...

Máscaras...
Bonito e inventivo o seu trabalho!
Agradeço a sua companhia no Girassol...Diária, atenta, amiga.
Dou muito valor, sabe?
Música e cinema de mãos dadas...
Que duo!!!
Bjs

Luisa disse...

Sabes que as máscaras sempre me fizeram um certo medo? Talvez seja por nunca se saber o que está por detrás delas...

Luisa disse...

Obrigada pela visita ao meu blog que compartilho com uma amiga. Quando for a minha vez, vou pôr uma das canções que "roubei" do teu. Depois aviso.

pitanga disse...

Esta menina é só talento.
beijos domingueiros

Leticia Gabian disse...

Querida Girassol,
Como te disse antes, você é necessária. Com você eu relembro coisas e sentimentos, aprendo e conheço novos trabalhos, filmes e canções. Só não vou por lá por motivo de força maior (que espero nunca venha a acontecer).
Beijo pra ti.

Leticia Gabian disse...

Luisa,
Talvez na sua infância algum adulto menos preparado tenha te feito sentir medo por alguém de máscara, ou coisa que o valha.
Eu sempre adorei, principalmente as mais artísticas e representativas.
Quanto à visita ao seu cantinho, estou esperando seu aviso.
Beijo pra ti.


Pitanguita,
Quer dizer que nosso Daniel já está (graças a Deus) instalado e caminhando como o previsto. Com uma mãe como você, ainda tinha alguma dúvida de que ele iria saber se virar e conseguir as coisas? eu não.
Todas temos nossos talentos. Quem desconhece os seus é porque deixou de prestar atenção em sí mesma. Dos seus, já conheço dois: escreve bem como uma danada e sabe cultivar amizades.
beijão pra ti.

Leonoretta disse...

a mascara esconde multiplas personalidades. mascara vem de persona, do grego. os gregos representavam com mascaras para fazerem de certas personagens.

oh! o que é que estou para aqui a dizer?! isto já tu sabes. e também ja sabes que essas mascaras estão o maximo. queria passar os dedos pela sua textura.

beijinhos da leonoreta

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

O António Rosa me fez um desafio e lembrei-me de ti. Se tiveres um tempinho, poderás passar no Lâmina para dar uma olhadinha??? Não é difícil e pode ser bem divertido e proveitoso. Para além disso, quero te agradecer por tua agradável presença em meus espaços!!!

Beijinhos de bom resto de domingo e para tua semana.

Cris

Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba disse...

Ia esquecendo...
Agora entendo teu comentário a respeito do post com as máscaras venezianas...

O difícil é saber quem as troca sem que possamos perceber...

Beijo!
Cris

Leticia Gabian disse...

Leonoretta, querida!
As inovações da tecnologia ainda não chegaram aos cheiros e aromas, nem à possibilidade do toque.Posso te adiantar que as máscaras têem um pouco de relevo em suas linhas.
Um beijão pra ti.

Leticia Gabian disse...

Querida Cris,
Vou lá no Lãmina dar uma olhada nesse desafio.
Beijão pra ti.

pitanga disse...

Letícia, querida, quando te faltar inspiração para as máscaras vai ao Planalto Central. Mascarado é o que não falta.
beijos

Leticia Gabian disse...

Fiz pós-graduação em máscaras lá mesmo. Como adivinhastes, hein?

Beijos

Sergio Leo disse...

Algumas de suas figuras me fizeram lembrar as aquarelas da Marlene Dumas _ são tgrabaolhos bem diferentes, mas tem uns traços em comum...
Obrigado pela visita, e pela informação indispensável (-:!
E bela voz, letícia!

Leticia Gabian disse...

Sergio Leo,
Vou procurar conhecer os trabalhos da Marlene Dumas. Fiquei curiosa a respeito.
Adorei visitar o seu blog e, sempre que quiser informações valiosas sobre assuntos super relevantes, pode contar comigo.
Abração pra ti.

jo disse...

K pano lindo, que rostos com força.Parabens e obrigada pelas tuas palavras.
Bjs