sábado, maio 19, 2007

Pra Zé


O vento suave dança carinhos
Como gostaria de passear
Todos os dedos em mimos
Pelo teu cabelo em fios de nuvem





As palavras dengosas são minhas e a foto-poema é do meu Zé

22 comentários:

APC disse...

Um vento suave dançando carinhos... Que coisa gostosa, pô! :-))) E a foto!... Bem, a foto está uma delícia!!! Beijo, Letxi!***

pitanga disse...

Ah esse amor que dança com o vento! E canta com Letícia!

beijos que amanhã é festa. Niver do rapaz.

Rodolfo N disse...

O vento suave dança em tu poesia.
Beijos

Ana Patudos disse...

O vento acarícia as tuas palavras escritas e cantadas: o amor faz destas coisas não é minha amiga?
beijo
Ana Paula

Jo§e disse...

E eu como gostava de sentir esses carinhos agora.

Um beijo com paixão

Mário Margaride disse...

Olá Letícia,

Lindo poema cheio de ternura e carinho...

Muito belo!

Deixei-te um pequeno desafio no Canto poético. Se quiseres lá passar e aceitar...muito bem.

Beijinhos querida amiga

Saramar disse...

Que lindo!
Adoro pessoas apaixonadas e felizes assim como você e o seu Zé.
São encantos diários para o mundo, pura beleza.

beijos

Madrigal disse...

Querida, esse Seu Zé é o cara mais sortudo mundo. Até tem direito a declaração de paixão a toda a hora na internet! Que sejam muito felizes, os dois pombinhos, no gozo pleno desses afectos todos tão lindos que, afinal, são as coisinhas que mais felizes nos fazem...

Um beijinho mt grande para a Letícia e um abraço para o Seu Zé - esse sortudo!

Jorge

PS. Amiga, diz para mim onde te posso ver cantar «ao vivo»!!!

glauco61@gmail.com

Leticia Gabian disse...

Amiga-poema,
O vento é suave, mas a saudade....!

Beijão

Leticia Gabian disse...

Pitanguita!
Zilhões de abraços ao rapaz! Tudo de bom pra ele, muita saúde, muito sucesso e felicidade.

Beijão pra ti

Leticia Gabian disse...

Rodolfo,
Muitos beijinhos pra ti, querido

Leticia Gabian disse...

Querida Ana,
O amor faz a gente ficar assim. Afinal, tu sabes.

Beijão

Leticia Gabian disse...

Meu Zé,
Falta pouco(muito).

Um beijo com muita paixão

Leticia Gabian disse...

Oi, Mário!
Certo, vou passar lá pra ver esse desafio.

Beijo, querido amigo

Leticia Gabian disse...

Saramar,
Obrigada, querida!
Desejo felicidade assim pra toda gente.

Beijinhos

Leticia Gabian disse...

Jorge,
Já tinha te respondido. Creio que foi no comentário do post anterior.
Mas, já te enviei um mail.

As declarações são diárias e mútuas. Ambos somos sortudos. A felicidade só não é completa pelo exagero de água entre nós dois.

Grande beijo pra ti. Um abraço de Zé.

naenorocha1@hotmail.com disse...

Construir a noite é fácil demais
Basta juntar sonhos e pesadelos
E deixar-se embriagar por luares
Desembaraçar estrelas aos novelos
Tecendo distantes constelações
Nos nadas azuis do firmamento imóvel.
Até que as distâncias unifiquem os tons
Parindo do escruro a negritude móvel.

Mas complicado é inventar o dia Tem-se que ser operário da luz
Colher claridade do claro que se irradia
E bordar da luz do sol pontos cruz.

Um beijo,
Naeno

Leticia Gabian disse...

Muito lindo, Naeno! Adorei!
O viver é mesmo uma questão de construirmos as noites e inventarmos os dias.

Grande beijo pra ti

Maria disse...

Amiga

Não tenho palavras para dizer aqui o que senti quando acabei de te ler.
É um misto de amor, ninar, erotismo, sei lá...
olha, muito mar, tanto (a)mar....

Beijões muitos e grandes
Maroca

Leticia Gabian disse...

Maroca, Maroca!
É mesmo tudo isso e mais um pouco.

Super beijões pra ti

O Sibarita disse...

É... essa cumadi tá que tá!

O Coração e os versos a mil por hora... Isso vai terminar em casamento, faça fé!

bjs
O Sibarita

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
Casamento já há, de certa forma. Ah..... mas fala daquele outro tipo de casamento? É... quem sabe?

Beijão