quinta-feira, maio 17, 2007

Pranto Azul (do lado de cá do grande mar)


Por vezes, há tanto azul em meus olhos cor de noite que choro um oceano de palavras tristes.



As lágrimas escritas são minhas e a foto-poema é do meu Zé

23 comentários:

o alquimista disse...

Os teus olhos vêm muito para além do azul...as cores que os inundam vêm do cósmos...no espaço intermédio entre a saudade e a chegada ao cais de espera és deusa que encanta a brisa com o seu canto...

Leticia Gabian disse...

Que lindo!
Muito obrigada!
És um querido. E como escreves bem!

MiE disse...

Lindo.

Passei por cá e gostei muito, de tudo...as palavras a voz, a música.
Muito lindo.

Pena não a ter conhecido uns meses antes, para a ouvir cantar...estive aí em Dezembro e em Março, fica para a próxima :).

Beijo
Boa semana

Maria disse...

Minha querida

Se soubesses como eu senti estas tuas palavras....
Se tu soubesses...

Beijão grande

O Sibarita disse...

Oxente... Minha cumadi!

Bela fotografia, belo texto, belas palavras, as lágrimas, advinda dos olhos negros no tanto azul está na distância entre dois corações ligados intimamente pela paixão!

abraços,
O Sibarita

Leticia Gabian disse...

Mie,
Que visita boa!
Já dei uma rápida olhada nos teus três blogs. Gostei de tudo que ouvi,li e vi por lá. Voltarei, com calma para comentar, devidamente.

Leticia Gabian disse...

Maria, Maria!
Sei sim, minha querida. Como sei...

Beijo grande, amiga

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
A distância é a responsável pelo pranto azul desses dois corações, mas a paixão os une, cada dia mais.

Beijão, querido

Rodolfo N disse...

Precioso! felicitaciones a ambos.
Cariños

Madrigal disse...

Querida amiga

Fiz-me onde cantas «ao vivo» pois quero assistir, por favor!

Mil beijinhos para ti,querida amiga.

Jorge

Leticia Gabian disse...

Querido Rodolfo,
Obrigada pelo carinho,

Besitos

Leticia Gabian disse...

Jorge,
Eu canto "ao vivo" aqui, do outro lado desse grande mar, em Salvador-Bahia-Brasil. O nome do lugar é Aconchego da Zuzu.

Beijinhos mis

pitanga disse...

Mas chorar em Azul é tão bonito!

beijos

Leticia Gabian disse...

Pitanguita!
É mesmo, não é?

Beijocas

pitanga disse...

Seguiu email.

Leticia Gabian disse...

Pitanguita!
Estou no trabalho. Parece que o meu computador está com problemas de conexão com a NET. Não sei se consigo ler o teu mail hoje. Tô tão triste com isso!

Beijinhos

Mário Margaride disse...

Lindo poema, e belas imagens Letícia...

Sabes, nunca te tinha dito, mas vou dizer-te agora uma coisa. Cantas maravilhosamente! Esta Paixão...é divinal!

Parabéns minha amiga!

Um grande beijinho.

PS:podes mandar-me essa música? Se puderes adorava, é linda!

Leticia Gabian disse...

Amigo Mário!
Obrigada, querido, por gostares do meu cantar. Podes "roubar" a música, mas posso te enviar, também.
Beijão

Mário Margaride disse...

Olá querida Letícia,

Já "roubei" a PAIXÃO! Não me tinha apercebido, que o poderia fazer aqui!

Obrigada minha amiga! Adoro esta canção, e a tua voz divinal!

Bom fim de semana.

Beijinho grande

o alquimista disse...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia…

Bom fim de semana

Doce beijo

APC disse...

Lágrimas de poesia, num azul de solidão amante...

Leticia Gabian disse...

Alquimista,
Lindas palavras.

Beijo

Leticia Gabian disse...

Amiga-poema,
Lágrimas... tão cúmplices quanto a lua