quarta-feira, agosto 01, 2007

E os dois partem pra uma viagem no lado misterioso da vida

Ernst Ingmar Bergman
(
Uppsala, 14 de Julho de 1918Fårö, 30 de Julho de 2007)


2003 - Saraband (cinema digital)
2000 -
Bildmakarna (TV) (Os Construtores de imagens)
1997 -
Larmar och gör sig till (TV) (Na presença de um palhaço)
1995 -
Sista skriket (TV)
1993 -
Backanterna (TV)
1992 -
Markisinnan de Sade (TV)
1986 - Documentário sobre Fanny and Alexander
1984 -
Efter repetitionen (Depois do ensaio)
1983 -
Karins ansikte(O rosto de Karin)
1982 -
Fanny och Alexander (Fanny e Alexander)
1980 -
Aus dem Leben der Marionetten (Da vida das marionetes)
1979 -
Farödokument 1979
1978 -
Höstsonaten (Sonata de outono)
1977 -
Das Schlangenei (O ovo da serpente)
1976 -
Ansikte mot ansikte (Face a face)
1974 -
Trollflöjten (A flauta mágica )
1973 -
Scener ur ett Äktenskap (Cenas de um casamento)
1972 -
Viskningar och rop (Gritos e sussurros)
1971 -
Beroringen (A hora do amor)
1969 -
Farödokument
1969 -
Ritten (O rito)
1969 -
En passion (A paixão de Ana)
1968 -
Skammen (Vergonha)
1968 -
Vargtimmen (A hora do lobo)
1967 -
Stimulantia
1966 -
Persona (Quando duas mulheres pecam)
1964 -
For att inte tala om alla dessa kvinnor (Para não falar de todas essas mulheres)
1963 -
Tystnaden (O silêncio)
1962 -
Nattvardsgästerna (Luz de inverno)
1961 -
Sason I em spegel (Através de um espelho)
1960 -
Djavulens oga (O olho do diabo)
1959 -
Jungfrukällan (A fonte da virgem)
1958 -
Ansiktet (O rosto)
1957 -
Nära livet (No limiar da vida)
1957 -
Smultronstallet (Morangos silvestres)
1956 -
Det sjunde inseglet (O sétimo selo)
1955 -
Sommarnattens leende (Sorrisos de uma noite de amor)
1955 -
Kvinnodröm (Sonhos de mulheres)
1954 -
En lektion I kärlek (Uma lição de amor)
1953 -
Gycklarnas afton (Noites de circo)
1952 -
Sommaren med Monika (Monika e o desejo)
1952 -
Kvinnors väntan (Quando as mulheres esperam)
1951 -
Sommarlek (Juventude, divino tesouro)
1950 -
Sant händer inte här (Isto não aconteceria aqui)
1949 -
Till glädje (Rumo à Felicidade)
1949 -
Torst (Sede de paixões)
1949 -
Fängelse (Prisão)
1948 -
Hamnstad (Porto)
1948 -
Musik I moker (Música na noite)
1947 -
Skepp till India land (Um barco para a Índia)
1946 -
Det regnar pa var kärlek (Chove em nosso amor)
1945 -
Kris (Crise)





Michalangelo Antonioni


Gente del Po (A gente do Pó, 1943)
Nettezza urbana (Limpeza urbana, 1948)
Oltre L'oblio (1948)
Roma-Montevideo (1948)
L'Amorosa menzogna (1949)
Sette cani e un vestito (1949)
Bomarzo (1949)
Ragazze in bianco (1949)
Superstizione (1949)
La villa dei mostri (The House of Monsters, 1950)
Cronaca di un amore (Crimes da alma, 1950)
La Funivia del Faloria (1950)
I vinti (The Vanquished, 1952)
La signora senza camelie (Camille Without Camellias, 1953)
Tentato Suicido (Tentativa de Suícidio) - episódio de Amore in Citta (O amor que se paga, 1953)
Le amiche (As amigas, 1955)
Il grido (O grito, 1957)
L'avventura (A aventura, 1960)
La notte (A noite, 1961)
L'eclisse (O eclipse, 1962)
Il deserto rosso (The Red Desert, 1964)
Prefazione - episode in I tre volti (The Three Faces of a Woman, 1965)
Blowup (Depois daquele beijo, 1966)
Zabriskie Point (1970)
Chung Kuo (1972)
Professione: reporter (The Passenger, 1975)
Il Mistero di Oberwald (The Mystery of Oberwald, 1980)
Identificazione di una donna (Identification of a Woman, 1982)
Volcanoes and Carnival (1992)
Al di là delle nuvole,, distribuído nos EUA como Beyond the Clouds, em francês (produção) Par Dela Les Nuages, 1995) (Além das Nuvens) (co-dirigido por Wim Wenders)
Eros (2004) -- episódio de Il filo pericoloso delle cose (The Dangerous Thread of Things)
Lo sguardo di Michelangelo (2004)

Os trabalhos que ambos nos deixaram, são a prova viva de que não estiveram aqui, sobre a terra, em vão

18 comentários:

O Sibarita disse...

Cumadi bela homenagem para esses dois monstros sagrados do cinema!

Essa é a minha Cumadi que sabe e muito da sétima arte!

Todos os Filmes que a Senhora cita são ouro em pó!

Minha Cumadi o meu Pai já está em casa, chegou hoje, passa bem graças a Deus!

bjs
O Sibarita

viajante disse...

Um bom trabalho sobre Dois Grandes Mestres.
Ficam as suas Obras.

Leticia Gabian disse...

Ai, que bom, meu cumpadi! Dê um beijo no teu painho, por mim.
Beijo enorme pra ti

Leticia Gabian disse...

Viajante,
Pois é... Ficam as obras magníficas que deixaram marcas em muita gente.
Beijão

Senna disse...

E u é que não sei o seu email, heheheh! O meu continua o mesmo de sempre (do gmail).
Quanto à chachaçca: ÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊBBBBBBBBBBBBBBBBAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!

Leticia Gabian disse...

B.,
Os meus estão aqui na página e no meu perfil.
Maroca manda pra você e pra Zé Augusto. É mesmo uma querida.
E contigo, tudo melhorando? Fico na torcida.
Beijão

MiE disse...

Querida letícia

Sem muito tempo, passei só para deixar um beijo pra você.

Beijão

Leticia Gabian disse...

Mie,
Já voltou das férias?
Um beijo, querida

Pitanga disse...

Mas olha que comedora de pipoca que esta menina me saiu!
E faz lista e tudo mais!

beijos e
"No escurinho do cinema
Chupando drops de anis
Longe de qualquer problema
Perto de um final feliz".

Leticia Gabian disse...

Ai, Pitanguita, que essa música me lembra uma época pra lá de boa na minha vida!

A magia do cinema é mais magia ainda na telona, né não?

Beijocas com pipocas

Mário Margaride disse...

Dois grandes ceneastas, que nos deixam.
Ficou o cinema mais pobre.

Bela homenagem Letícia!

Beijinhos grandes

Leticia Gabian disse...

Assim é, amigo Mário, mas o show tem que continuar.
Beijinhos

Maria disse...

Dois monstros do cinema que nos deixaram.
Dois homens que ficarão na História do cinema...
Ficámos todos mais pobres.

Beijos
(desculpa, hoje estou cansada...)

Como o post de cima não tem comentários abertos, faço aqui a pergunta: Vais pôr cada dia a contagem decrescente? hehehehehehehehehe

Meis beijos, a todos

Leticia Gabian disse...

Vou, sim, Maroca. Hehehe!

Tás melhorzinha hoje? Espero que sim.
Já viu o "oba!" de Bruno, logo aqui acima?

Beijões

Maria disse...

Amiga

Nem tinha visto...
Ontem estava tão "off" quando vim aqui que não li comentários.
Só vi agora.
O B. vai gostar da garrafinha, sim...
Espero que o Zé Augusto também.

Beijinhos, hoje com mais ânimo

Leticia Gabian disse...

Maroca,
Bom estar com outro ânimo, hoje.
Espero que hoje dê pra gente se falar mais.
Beijoca

Rhiannon disse...

Bonita homenagem, Lecticia. :)

Só lembrei o Bergman, mas Antonioni também merece ser recordado.

Leticia Gabian disse...

Certamente, Rhiannon, o Antonioni também merece, pois também foi pai de belisimas obras.
Obrigada pela visita e volte sempre.