domingo, julho 22, 2007

Uma arte efêmera, mas que nos enche os olhos durante o pouco que dura













Todas as fotos são da autoria do meu Zé


14 comentários:

Pitanga disse...

Castelos de areia...não fazemos todos? De um jeito ou de outro.

beijos

Leticia Gabian disse...

Mas o que importa é não nos esquecermos nunca do caráter efêmero desses castelos. Acreditar numa ilusão é querer ignorar o grande mar que sempre vem até à areia.

Beijinhos

viajante disse...

Na Volta do Duche - Sintra, a arte não é em areia, mas é bonita.
Quer espreitar?

Leticia Gabian disse...

Já vou lá, Viajante.
Beijão

Saramar disse...

Lindas esculturas.
O efêmero pode sim ser belo.

beijos

Mário Margaride disse...

Belíssimas construções na areia!

Verdadeiramente fascinantes, ainda que efémeras!

Grande beijinho, amiga Letícia

APC disse...

Lindo!!!
Como a Pitanga bem disse: castelos de areia todos os fazemos. Efémeros que sejam, importa que sejamos felizes enquanto durem!

Um beijo, minha amiga.

Leticia Gabian disse...

Saramar,
Sim e muito belo.

Beijinhos

Leticia Gabian disse...

Amigo, Mário,
São absolutamente fantásticas, sim.
Tão bom de ver!
Beijinhos

Leticia Gabian disse...

Amiga-poema,
A idéia é procurar sempre ser feliz. E enquanto não jogam água na nossa areia.... Vamos levando!

Beijocas mis

Maria disse...

Estranho...
De repente entrei aqui, a música levou-me à Zuzu e tu... saudade...
As esculturas em areia são lindas, sim, e fazem-se no verão por aqui um pouco por todas as praias...
Beijão grande, Amiga

Leticia Gabian disse...

Oh, Maroca!
Na próxima sexta já não vamos ter a ti lá na Zuzu! Grande pena e muita saudade, amiga!

Beijinhos

O Sibarita disse...

Sua menina que magnitude essas fotos.

Ai está a arte na sua plenitude quer seja em forma de areia ou ainda na sensibilidade do fotógrafo, da-lhe seu Zé!

bjs
O Sibarita

Leticia Gabian disse...

Muito lindo, né cumpadi?
Bota sensibilidade nisso...Na arte da areia...Na arte da foto.
Beijão