quinta-feira, maio 31, 2007

quarta-feira, maio 30, 2007

Enfim




Hoje
A lua me cantou
Uma canção de liberdade
E derramou-se em prata
Sobre o rito de passagem

Amanhã
O sol nos cantará
O dia 1 do recomeçar




As palavras livres são minhas
E a foto-poema é do meu Zé

segunda-feira, maio 28, 2007

Hoje é dia de...

... apagar a velinha

... curtir fogos de artifício


... tomar umas tacinhas


com direito a levar pra casa uma linda foto do meu Zé

e


uma bonita caixa contendo um grande beijo + um abraço bem apertado





afinal






o Som & Tom
completa hoje um ano de vida!!!!!!!!!



sábado, maio 26, 2007

RECAMINHO

O caminho pode ser longo como for
pode haver algum cansaço e desânimo
pelo meio





Mas
por fim
ao chegar ao abrigo
a porta estará aberta


As palavras são minhas e as fotos são do meu Zé

sexta-feira, maio 25, 2007

Que bom!

É mesmo muito bom
constatar
que nem é só
a rosa
que tem espinhos


Melhor, ainda,
é saber amar
e querer amar
apesar deles






A foto-poema é do meu Zé
São minhas as palavras cheias de bem-querer

quinta-feira, maio 24, 2007

Amor em cor


Por mais distantes

Os amores

Jamais

Perdem as cores




Quando se juntam

As cores

Pintam flores

Sem dores de amores




As palavras perfumadas são minhas
As flores-poemas são fotos do meu Zé


quarta-feira, maio 23, 2007

E N T R E G A T O T A L



Pra mim,
Amar e ser amada
É me deixar ser levada,
Constantemente,
Às nuvens
Sem me dar ao trabalho
De calcular a que distância
Fica o solo,
Nem fazer uso
De pára-quedas
Ou de rede de proteção



“Dizem que sou louco
Por pensar assim
Se eu sou muito louco
Por eu ser feliz
Mais louco é quem me diz
Que não é feliz, não é feliz”




A foto-poema é do meu Zé
As intrépidas palavras são minhas
E o trecho é da “Balada do Louco”,
Música de Rita Lee e Arnaldo Baptista

terça-feira, maio 22, 2007

O DESAFIO das 33 RESPOSTAS

Este desafio me foi lançado pelo amigo Mário Margaride,
do blog
http://avano2006.blogspot.com/ (Canto Poético)

Eu quero amar e ser amada, muito, sempre (por Zé)
Eu tenho 50 anos
Eu acho que sempre posso fazer melhor, ser melhor, entender melhor, amar melhor, pintar melhor, cantar melhor...
Eu odeio hipocrisia, injustiça, falsidade e arrogância, gente que fala alto, música ruim, acordar cedo
Eu sinto falta de quem já foi pro lado misterioso da vida
Eu escuto música, os outros e a minha consciência, o som da chuva, a conversa das marés, o tatibitati dos bebês
Eu cheiro a terra molhada
Eu imploro por mais humanidade nos corações dos governantes (parece frase de Miss, mas é mesmo de verdade)
Eu procuro conhecer o que ainda desconheço em mim
Eu arrependo-me de ser um tantinho impulsiva (às vezes)
Eu amo todos os que habitam em meu coração, principalmente o meu filho e o meu Zé
Eu sinto dor quando vejo quem amo sentir dor
Eu sinto falta do cheiro e do gosto do meu amado
Eu importo-me com o futuro do planeta (outra vez a Miss...mas, também é de verdade)
Eu sempre quero mais amor, mais carinho, mais afeto, mais dengo
Eu não fico feliz se quem amo está infeliz
Eu acredito “num claro futuro”
Eu danço com prazer e muita alegria
Eu canto sempre, sempre, sempre
Eu choro se fico triste, se estou muito alegre e quando a saudade fica insuportável
Eu falho quando quero acertar de qualquer maneira e ajo sem pensar
Eu luto para não ser alguém cheio de preconceitos
Eu escrevo como quem grita.... pra desabafar
Eu ganho muito menos do que queria
Eu perco o rebolado quando vejo uma lagartixa
Eu nunca faço o que considero errado
Eu confundo-me quando exigem mais do que posso ser ou dar
Eu estou amando intensamente
Eu sou e vou
Eu fico feliz se os que amo estão felizes
Eu tenho esperança que meus netos terão um Brasil melhor
Eu preciso estar perto do meu amado
Eu deveria (deixo incompleto, pois de nada me arrependo)
Se ainda não responderam, repasso o desafio para:


http://pitangadoce.blogspot.com/

http://flanarfalares.blogspot.com/

http://particulasdotempo.blogspot.com/

http://labirintodeolhares.blogspot.com/

http://roads-mie.blogspot.com/

http://osibarita.blogspot.com/

A T E N Ç Ã O ! (22 de maio de 2007)

Pensei bem e resolvi que todos que por aqui passarem podem e devem aderir à brincadeira do desafio das 33 respostas, desde que assim o desejem. Afinal, acho muito chato ter que escolher somente algumas poucas pessoas, no meio de tanta gente interessante e amiga.

Beijos a todos

Convidados:

http://fotosdanadir.blogspot.com

http://transatlantico-viajante.blogspot.com

http://simsenhoras.blogspot.com

http://camuflagens.blogspot.com/

segunda-feira, maio 21, 2007

A flor



Gostava de ser a flor
ao alcance da tua mão
bem perto do teu olhar
a confundir nossos perfumes






A saudade escrita é minha e a foto-poema é do meu Zé

sábado, maio 19, 2007

Pra Zé


O vento suave dança carinhos
Como gostaria de passear
Todos os dedos em mimos
Pelo teu cabelo em fios de nuvem





As palavras dengosas são minhas e a foto-poema é do meu Zé

quinta-feira, maio 17, 2007

Pranto Azul (do lado de cá do grande mar)


Por vezes, há tanto azul em meus olhos cor de noite que choro um oceano de palavras tristes.



As lágrimas escritas são minhas e a foto-poema é do meu Zé

terça-feira, maio 15, 2007

O Perfume (Para além dos sentidos)



Em 1987, li o sensacional O Perfume, de Patrick Süskind. Sempre fui muito ligada a cheiros e foi uma leitura altamente marcante pra mim, numa altura em que recuperava o meu olfato, graças a ter abandonado o vício do cigarro, fazia alguns meses.

Hoje, tive a satisfação de assistir, em DVD, à adaptação para o cinema, muito fiel ao livro. O que muito me agradou.
Tudo se passa entre os anos de 1738 e 1767, época em que a França se tornara apática e massacrada pelos interesses burgueses, e conta sobre Jean-Baptiste Grenouille, um ser totalmente inodoro, porém dono de um olfato extraordinariamente apurado e a sua busca pelo perfume perfeito.
A narrativa está repleta de mensagens alegóricas e o final é soberbo.
E mais não conto.

Quem ainda não leu ou não viu, não perca!

segunda-feira, maio 14, 2007

Dizem que é a cor ....


..... da paixão
..... da volúpia
..... do desejo
..... do segredo
..... do pecado


Será mesmo?

domingo, maio 13, 2007

Segundo domingo de maio, dia das mães


Mas vou falar do meu filho e de como, sem saber, foi o responsável por um dos acontecimentos mais importantes da minha vida. Há um ano, ele precisou criar um blog, como uma tarefa dentro do seu curso de jornalismo (Dendê & Notícias) .
Achei muito interessante e, incentivada e auxiliada por ele, iniciamos a construção do meu Som e Tom. Naquela altura, não sonhavamos com a idéia de que, através do blog, eu iria conhecer Zé, o meu grande amor.
Nesse dia das mães, todas as honras vão para o meu filhote, que além de tudo é o meu padrinho nessa história toda.
Grande beijo também para a minha mãe e pra todas que por aqui passarem.

quinta-feira, maio 10, 2007

O tom preferido



Do dia cinza de ontem

surgiu o teu azul mais bonito.

Amo-te

ainda mais

quarta-feira, maio 09, 2007

Sabedoria Popular II






"Quem ama a rosa, suporta os espinhos"

Sabedoria Popular


"Pimenta nos olhos dos outros.... é refresco"

segunda-feira, maio 07, 2007

Palavras ditas ontem, segredadas ao ouvido



Nem toda
água da lágrima
dissolve a tristeza
dilui a dor
lava a saudade

Mas, o oceano
sozinho
separa duas metades





As minhas palavras, em gotas de saudade,
desaguam na foto-poema do meu Zé

Para o meu amor


Por longo tempo
Mantive fechadas
As janelas do ver

Um minuto apenas
E teu lume em sorriso
Reacendeu meu olhar

Ao te (re)conhecer
Minha boca já sabia o teu nome
Teu coração dançava em meu peito

Naquele instante
Já sendo tua
Soube-te meu




As palavras cheias de paixão são minhas
A foto é um poema do meu Zé

sábado, maio 05, 2007

Pra Zé


É lá
Onde não há ondas
E a água é calma
Que mergulho inteira
No mais profundo
De nós dois





As palavras são minhas
E a foto-poema é de autoria do meu amor